quarta-feira, julho 04, 2007

Chocolate quente

Quero falar deste copo. Deste copo que abriga este líquido quente que vou beber agora. Ele contém uma temperatura a ser engolida. Sou eu o monstro, com a língua manchada de sebo, de tanto que desgovernou, quem irá tragar o apetitoso. É o chocolate da vida que se apresenta. Eu só faço cheirar antes, pra sentir a quentura já nas narinas.

Do copo ao corpo. O líquido desce pela garganta lento e macio. Talvez seja o costume de beber o calor. Este líquido é um sentimento, caldo de prazer e desconforto, volúpia abrasante de medos e sonhos. E está neste vidro cilíndrico, parecido com o que eu quebrei ontem. O copo contém amargura, infância feliz, brigas, explosões, luzes e amêndoas, que caíam da árvore na calçada em frente à minha casa antes de eu me desapossar. Marcavam o chão, chamavam as formigas. A raiz da árvore arrebentou a calçada, rachou o muro, invadiu meu espaço. Tamanho agito para que as amêndoas ficassem mais nobres.

Amêndoas também são os olhos dela, que me olha doce. Às vezes me olha arredio e me sinto só. Aliás, solidão é coisa minha desde que comecei a calçar 33. Descobri, olhando para o pé, que eu poderia ser o que quisesse desde que optasse por ser só. Então, tanto faz o jeito que ela olha pra mim. É amêndoa e não me fere.

Estou na metade do que o copo me oferece. Meu corpo se esquenta. O que entra em mim, entra escorrendo. A essa altura, já sinto tudo morno, acomodado. Em pouco tempo chegarei ao fim e, como sempre, com a mania de olhar para o fundo do copo depois de ter ingerido tudo. Mais uma vez, ver o copo vazio e embaçado, com restos grudados nele, à espera de água, esponja e detergente. Dentro de mim, os ácidos quebram as coisas tristes que ouvi e as noites iluminadas que respirei. O chocolate da vida se divide em várias partículas que vão me nutrir e me deixar esperto. É assim: o sabor se transforma em sustento. Estou teso, tesudo, adoravelmente quente e alimentado. Pronto para mais um copo.

Marcadores:

13 Comentários:

Às 8:45 PM , Blogger Mel disse...

Ai, ai... Um chocolate sempre cai bem!

 
Às 4:21 AM , Blogger Jana disse...

Nunca mais vou tomar chocolate quente da mesma maneira, depois desse texto.

Beijo

 
Às 7:18 AM , Blogger XTO disse...

Muito legal seu blog. Textos bacanudos.

 
Às 7:32 AM , Anonymous Márcia(clarinha) disse...

Seja qual for o sabor do líquido que desce quente pela garganta fazendo memória lembrar de olhos doces e presenteando o corpo com tesão merece ser sorvido gole a gole sem sofreguidão, com carinho.
Nem há de se lavar co[r]po logo haverá outra refeição prazerosa.
beijosss

 
Às 9:15 AM , Blogger Um mundo novo aos corações corajosos! disse...

Guto, viu o Programa Entre Linhas, na TV Cultura? Sobre novos escritores e a publicação do primeiro livro?
Se não viu, assista a reprise no domingo.
O que tu escreve dá certinho num bom livro!
Estamos falando de comer e beber... os dois.

 
Às 11:14 AM , Blogger Paula Negrão disse...

Uau!

Adoro chocolate quente.
=D

beijos.

 
Às 3:13 PM , Anonymous Erika disse...

quem diria que nescau podia ser sensual.. hum?

To igual à jana.. nunca mais vou tomar chocolate quente do mesmo jeito..

beijos

 
Às 6:06 PM , Blogger Jane Malaquias disse...

Fiquei mais gorda de felicidade, Monstro Caramelado!

 
Às 6:08 AM , Anonymous Bill disse...

ó.Ò
Queria saber escrever assim...

Ainda mais eu sendo chocolatra hahha

Post simplesmente perfeito.

[s]s

 
Às 4:21 PM , Blogger Guto Melo disse...

Rai, vi não e não vai dar pra ver domingo também porque estou sem TV. Mas valeu pela dica.

 
Às 4:22 PM , Blogger Guto Melo disse...

Valeu Bill, bom vê-lo por aqui.

 
Às 3:30 PM , Blogger Nilza disse...

Olá,,Guto!!

Saudades demais desses textos lindos que vc faz. Este chocolate só não gosta qum é louco..né? Dá forma como vc preparou então..hummmmmmmmm!!!

Beijos

 
Às 3:16 PM , Blogger Maria Muadié disse...

Uau. Muito bacana.

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial