quinta-feira, abril 19, 2007

Onde será que o Rio começa?

Nasci em São Cristóvão, bairro que tem feira nordestina ali no pavilhão. Meus pais são nordestinos e íamos sempre lá comprar pamonha, tapioca e beiju. Até os cinco Vila da Penha. Lá eu quebrei o braço pela primeira vez, aprendi a andar de bicicleta e a xingar vizinho. Inhaúma dezessete anos da minha vida. Era só um QG pois eu andava tanto que o Rio parecia caber na palma da minha cintura.

Recife sete anos, Rio de fora. Brasília dois, Rio mais perto. Estrangeiro se anuncia e a minha cidade vai ficando cada vez mais colorida. Cada movimento é uma pincelada de tinta compondo a pintura de um dia voltar. Voltar é lá pra frente. E o Rio que eu conheço está sempre começando.

Marcadores:

8 Comentários:

Às 11:50 AM , Blogger Jane Malaquias disse...

Meu rio é vc, de janeiro a janeiro, cartão postal de amor, 40 graus de calor humano, pão de açúcar e leite,me redimindo de braços abertos.

 
Às 11:53 AM , Blogger Jane Malaquias disse...

Vem cá cintura fina, cintura de pilão, cintura de menino, vem cá meu coração!

 
Às 2:19 PM , Blogger Bárbara P. disse...

É sempre interessante sentir o sabor que toma o ar quando as pessoas falam sobre os lugares que guarda na alma. Bem bacana...

 
Às 11:52 AM , Blogger Flavio Vaz disse...

Tenho uma trajetória meio cigana como a sua. Nasci no Rio, saí daqui com 5 anos de idade. Fui pra Natal, fiquei um ano. Após um ano no nordeste, mais 6 anos em Brasília e depois voltei para o Rio. O Rio pode ser uma cidade cheia de problemas, mas ainda é muito boa de se morar. O que mais me incomoda nem é a violência, isso tem em toda cidade grande, dentro e fora do Brasil, o que mais incomoda mesmo é a falta de educação das pessoas. É impressionante como sujam nossas ruas. Abraços.

 
Às 1:04 PM , Anonymous Claudio disse...

Eu também gostaria de andar, andar, como diria Alceu Valença, mas fora ter migardo de Petrópolis para NIterói e uma breve estadia em Brasília, não percorri tanto.
Ótimo texto!

 
Às 8:57 PM , Anonymous Lidiane disse...

Você não imagina como eu gosto do rio e, claro, dos cariocas...

 
Às 10:48 AM , Blogger Sobre tudo e nada ao mesmo tempo disse...

Ola, estou mudando de casa, mas vc será sempre bem vindo na minha nova casa....lá explicarei os motivos, depois que desativar o antigo... beijos

Novo :
http://sobretudoenadaaomesmotempo.blogspot.com/

Paulinha (Encontros e Desencontros)

 
Às 12:58 PM , Anonymous Claudia Blue disse...

Eu tenho a alma meia cigana.. ja vivi em alguns lugares... por mim não parava nunca.... cada época um porto rs. beijo blue

http://noelevador.zip.net
http://nabolsadamulher.blogspot.com

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial