quarta-feira, abril 11, 2007

Possíveis lances para a vida


Eu não sou capaz de me corrigir, mas ninguém deve perceber isso

Aqueles minutos são completamente diferentes de mim

Estou isolado no centro de uma boca feia

Ingênuo e inquieto, em meio à multidão muda

Isto não é exatamente o meu quarto

O silêncio contrai as veias do meu pescoço

A paisagem caprichosa sorri

O século passado é triste

Meus olhos insistem nos mesmos argumentos

O deserto recomeça cheio de curiosidades

Nutrição contínua e escandalosa

A penitência do fogo que arde é rápida

Empurro a tua presença até a normalidade


Estou passeando, passeando

Transformado, ou pelo menos destruído


A manhã desconsola a lucidez insuportável

Falar sobre problemas é uma inútil dignidade

Meu pênis é uma ternura ridícula

Violar a madrugada de algum prego

De qualquer modo, soam os sinos

A lua vem em carnes, festiva, mas não me alcança.

Marcadores:

7 Comentários:

Às 9:23 AM , Blogger Flavio Vaz disse...

"Falar sobre problemas é uma inútil dignidade

Meu pênis é uma ternura ridícula"

Gostei dessas duas frases. Todos nós temos problemas, e quem não tem, inventa. E falar sobre eles às vezes, mesmo que inútil, é necessário. Sobre o pênis, bem, sobre o pênis, ele também é fonte de vida, todos nós estamos aqui graças a um pênis. :) Abraços.

 
Às 7:40 AM , Blogger Bárbara P. disse...

Por que sentimos, algumas vezes, que somos o elo de ligação entre a destruição e a mudança?

 
Às 3:38 AM , Anonymous Erika disse...

não fale sobre problemas.... resolva-os..
um dia ouvi isso de uma pessoa que muito considero.. e ela tava certa.


beijos Guto. até a volta

 
Às 3:56 PM , Blogger Trelles disse...

Guto!

Quanta poesia vertendo dessas gotas de lucidez radioativa!

 
Às 4:17 PM , Blogger Jane Malaquias disse...

Saudade do passarinho atormentado que alegra este ninho.

 
Às 7:16 AM , Blogger Um mundo novo aos corações corajosos! disse...

Sutil e intenso. Não sei se era isso que queria dizer. Mas foi o que senti. Portanto. "Meus olhos insistem no mesmo argumento."

 
Às 7:19 AM , Blogger Um mundo novo aos corações corajosos! disse...

Não. Não era só aquilo que eu quis dizer. Tem mais. Entalado. Tu é ótimo. Tem mais. Se eu conseguir falo mais. Excelente post.

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial