quarta-feira, dezembro 19, 2007

O caos e a ternura

Cuidado com este móvel! Onde estão as minhas meias? Entre uma e outra coisa fora de ordem... Sim, eu preciso das chaves para poder entrar em casa. A descarga... A descarga não está funcionando. Começa vazando, depois joga água para todo lado. Há um disjuntor desnutrido, ou bastante eficiente, bem ali – não suporta a amperagem do chuveiro em nenhum momento. Se o banho for um pouco mais quente... Ploc, ele desarma feito um dispositivo covarde.

Lugar de trilho de cortina não é no chão da área de serviço. Agora, agora temos mais espaço! Janelas imensas, ipê em frente. Coisa mais encantadora abrir o olho e dar de cara com esta árvore tão bela. Seus galhos parecem já ter resistido a tanta chuva de dezembro... Aliás, seja qual for o clima, o ipê está ali para anunciar o júbilo de sobreviver silenciosamente.

A síndica sumiu, a planta hidráulica do prédio, meu Deus! Só falta agora furar a parede para instalar um armário e estourar um cano. A parede da cozinha dá para o banheiro, esqueceu? Mas aqui é bem melhor que o outro. Lá escutávamos tudo – escarros, gemidos, gente lançando suas fezes no mundo. A vizinha sempre reclamava do som alto, mesmo quando o volume estava baixo. Isolamento acústico de merda!

Aqui é tão bom que até se esquece da ausência de elevador. Três andares de escada, meus joelhos chiam um pouco. Dura três meses no máximo. Rapidinho as coxas estarão fortes e o joelho protegido. Eita, não havia reparado esta tomada quebrada. Queria tanto passar roupa escutando música! Onde colocar a estante menor, a cama de hóspedes? Tanto espaço, tanto drama.

Soltou mais um taco, você viu? Faz o seguinte: abre a janela, deixa o ipê sorrir pra gente!

Marcadores: ,

13 Comentários:

Às 7:49 AM , Blogger Bárbara P. disse...

Eu gostei muito! Ficou mais bacana do que O mundo anda complicado. Impossível não imaginar o ipê sorrindo.

 
Às 9:35 AM , Blogger Flavio Vaz disse...

Tem uma crônica, se não me engano do Drummond, ou do Fernando Sabino, ou do Paulo Mendes Campos (sim, minha memória está um pouco afetada...), num livro que tenho daquela séria antiga "Para gostar de ler", que ele descreve uma "revolta" dos eletrodomésticos dentro de casa, onde tudo começa a não funcionar direito. Seu post me lembrou na hora a ditacuja. Abraços.

 
Às 6:12 PM , Blogger Renata Belmonte disse...

E não é que dizem o mesmo de mim, Guto? Obrigada pela visita!
Abraços,
Renata

 
Às 4:42 AM , Blogger Valerie disse...

todo mundo lá gosta de cinema...
não percebeu? rsrs

 
Às 8:13 AM , Blogger Entre a vergonha e a sem-vergonhice disse...

rsss...
Guto,
Açaí aqui é sonífero...pesa, cansa tb...
Aí que é energético..uma coisa que não entendo!! rss
mesmo assim vou tentar...
beijos

 
Às 9:26 AM , Blogger Diane Cravo disse...

hoje a minha tpm se acalmou, consigo até olhar para as pessoas sem ter vontade de matá-las, e acredite, isso é um avanço.

 
Às 9:52 AM , Blogger Lidiane disse...

Guto, eu sou meio surtada com esse negócio de árvore. Acho que elas falam (de verdade, lá na linguagem delas e dos ventos). Tenho lembranças maravilhosas dos ipês de Brasília. Maravilhosas mesmo.
Com direito a frases romantiquinhas e tudo mais.
Bons tempos que não voltam.

Beijoca pra você.

 
Às 10:21 AM , Blogger camiles disse...

ah, mudar é sempre bom!
estou ansiosa com meu novo endereço. quero logo morar no meu janelão de frente pros vitrais do fluminense!

 
Às 10:42 AM , Blogger FINA FLOR disse...

também tô de casa nova, a casa é perfeita, mas os vizinhos.....

querido, estou passando para dizer que espero que os melhores frutos caiam em seu cesto no ano que se inicia e que seus dias sejam sempre perfumados por brisas doces!!! sorte e sucesso!

beijos e até

MM.

 
Às 1:44 PM , Blogger Edna Federico disse...

Feliz Natal para você!
Beijos

 
Às 5:02 PM , Blogger Rogério Felício disse...

"Feliz Natal para você! Que a glória que nós celebramos nesta época de Natal preencha sua vida para hoje e sempre." Norman Vincent Peale

*beijoks

 
Às 2:59 AM , Anonymous www.oncoto.erikamurari.com.br disse...

Ipê é realmente lindo.. e bom demais prá distrair da rotina...

Beijos Guto...

Feliz Natal prá vc e prá todos que vc ama. Beijos na Lady.

Erika

 
Às 3:29 AM , Blogger L.S. Alves disse...

Feliz natal e felicidades em 2008.
Um abraço.

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial