sábado, fevereiro 20, 2010

O retorno 2

Depois de tanto tempo sem escrever aqui neste espaço, fiquei em dúvida se deveria retomá-lo ou se seria melhor criar outro blog e sepultar este. Decidi pela primeira coisa porque se o Mercúrio e Luxúria fosse extinto, seria como se o blog tivesse definhado. E uma das coisas que mais me aterrorizam nesta vida é a imagem de algo se definhando. Não queria ter esta mirra, esta feiura lenta e contínua associada a mim.

O ano passado foi extenuante. Houve o câncer da minha mãe, a instituição em que trabalho foi foco de uma CPI na Câmara dos Deputados, um acidente de carro sem vítimas, meses depois o furto do veículo, o assalto à minha mulher às vésperas da filmagem do seu primeiro longa (o filme está em fase de montagem), o meu CD caminhando como um cágado... E assim foi o ano...

Em 2009, por mais clichê que possa parecer, ficou em mim a impressão de ter vivido mais tempo. Após sua passagem, me senti mais forte e ao mesmo tempo desejoso de descanso. Que 2010 seja um ano mais tranqüilo! – mentalizei à meia-noite do dia 31 de dezembro, enquanto o estampido dos fogos ao longe ilustrava o meu anseio mais íntimo de então: estampidos distantes! Sim, eu quero os estampidos distantes!

Depois de todo o cansaço emocional, além de descanso, necessito de novo vigor. Reside aí, mas não só, o impulso para ressuscitar o Mercúrio e Luxúria. Durante algum tempo, este blog me refletiu de um modo muito apropriado, apesar de os posts não tratarem diretamente de aspectos da minha vida. O que há para trás, no arquivo, é poesia, fantasia e, digamos, uma literatura rascunhada. Daqui para até não se sabe quando, o que vou postar será a minha voz sem o “disfarce” da figura do escritor como instância narrativa. Acho que esta segunda etapa vai ser mais filosofia.

Abaixo, o primeiro post da volta. Vou procurar postar toda sexta ou sábado.

Um grande abraço aos que voltarem por aqui e aos novos que chegarem.

Marcadores:

2 Comentários:

Às 3:18 PM , Blogger Transitivo e Direto disse...

Guto, sinto muito por sua mãe. Espero que ela esteja melhor. Sei, realmente, o quanto é difícil.
Também roubaram o carro do meu amigo ai de BSB. Parece que isso é uma constante. Jane está bem depois do susto?
E que bom que voltou. Continuarei lendo você.
Agora às sextas ou sábados.

Beijoca e bom retorno.
Lidiane

 
Às 12:56 PM , Blogger Ed disse...

Continua, cara!!!
Nem pense em soltar a mão que segura o mundo (ele cai, viu?).
Abç,
Ed.

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial