quinta-feira, julho 31, 2008

Nu em sol

Mundo aceso
Venta campainhas
O toque da ida
A vida nos termos
Do som de um anjo
Trim de auréolas.

A cada palavra cantada
Serei rei serei rei serei rei
Em toda vida cantei
Para aqui estar exatamente:
Solto em lá, nu em sol.

Marcadores: ,

2 Comentários:

Às 9:33 AM , Blogger Lidiane disse...

Guto, que seus dias de sol sejam, então, compassos perfeitos.
Em sustenido e bemol.

Beijos.

 
Às 11:38 PM , Blogger FINA FLOR disse...

adorei o "solto em lá, nu em sol" :o)

beijos

MM.

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial