sexta-feira, maio 04, 2007

O puríssimo amor

Eu sei que ela some, mas isso logo passa. Eu sei que ela não some, que invento para me ver presente em seus caminhos desconhecidos. Ela mente sem enganar, canta a vida até foder o maxilar; distrai-se para elevar seu canto e suplantar a dor. Diz que pensa em mim, e pensa mesmo. Poderia ser brincadeira, poderia ser maldade, mas é puro amor.

Hoje vi sobre a mesa de trabalho uma série de fotos estranhas. Eram retratos de uma mulher velha e gorda, mas com um sorriso bonito. Parecia ter vivido muito e suportado tudo aquela mulher. Mas era alcoólatra, diziam os que a conheceram. Perguntei de quem eram as fotos. Não era de ninguém. A velha gorda de sorriso encantador também sumia e não sumia pelas incógnitas que propunha.

E essa era a similitude que as unia. Cheguei até mesmo a ver a morena esguia, com colar exuberante, deslumbramento no olhar, convidar a velha gorda para sambar um coco. E a velha aceitou, risonha como sempre, pronta para o que desse e viesse. Neste momento a morena disse que pensou em mim. E pensou mesmo. Poderia ser brincadeira, maldade, mas não... Era o seu puríssimo amor.

Marcadores:

17 Comentários:

Às 7:46 AM , Blogger Jane Malaquias disse...

Apanhei-te cavaquinho! Mesmo com internet discada aqui estou eu em primeirissimo lugar para amar-te sempre.

 
Às 3:38 PM , Blogger Bárbara P. disse...

E a idéia do pensamento é tão extasiante que acreditar é quase impossível. Quase.

 
Às 4:40 AM , Anonymous Edson Marques disse...

Belo texto!

Ins-pirante...

Se você não encontrar razões para ser livre, invente-as.

abraços, flores, estrelas.

 
Às 11:35 AM , Blogger Elcio Domingues disse...

Muito bom, Guto!

Apareça sempre! Sempre que puder, virei te visitar.

Abraço!

Elcio Domingues.

 
Às 1:27 PM , Blogger Duda Bandit disse...

essa morena também deve saber... abração, cara. vou te lincar no Bandit...

abração.

 
Às 2:30 PM , Blogger Bárbara P. disse...

É pra já: theekhaiom@gmail.com

ABraço!

 
Às 5:04 PM , Anonymous Graça Carpes disse...

E tudo é invenção, antes mesmo de ser versão.
Belo.
:)

 
Às 5:37 PM , Anonymous Lino disse...

Será que pensou mesmo? Ou foi puro disfarce?

 
Às 11:53 PM , Blogger Guto Melo disse...

Pensou Lino. Pura teleputia

 
Às 4:22 AM , Blogger Adriádene Cavalcante disse...

Retribuo e a visita, dizendo que me senti em casa. Beijos!!!!

 
Às 11:15 AM , Blogger Bárbara P. disse...

E é claro que não poderia deixar de falar de você lá no meu blog.

Abraço

 
Às 3:48 PM , Blogger €aµ disse...

Quase recuperada... mas já posso comentar (sob prescrições... mas posso).
Belo texto... e ela pensa, sim e sempre.
E não é maldade. O amor tem dessas coisas.
=)

 
Às 7:28 PM , Anonymous Erika disse...

Amor é fogo que arde sem se ver? hum?

To de volta, Guto... as férias foram aproveitadissimas.. pena que acaba.. rsrs

beijooosss

 
Às 6:54 AM , Anonymous Claudio disse...

O texto é de uma consistência muito boa.
Belo.

Abração.

 
Às 9:59 AM , Blogger Sara disse...

Gostei daqui. Voltarei mais vezes.
Bjs

 
Às 5:58 PM , Blogger Jane Malaquias disse...

Hoje tomei banho de mar cantando uma música de Roberto Carlos para
vc.

 
Às 6:36 PM , Blogger Guto Melo disse...

Liga pra mim.

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial